---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


SECRETÁRIOS, VICE-PREFEITO E CHEFE DE GABINETE REDUZIRÃO SALÁRIOS EM 30% NOS PRÓXIMOS MESES

Publicado em 26/05/2020 às 14:08 - Atualizado em 26/05/2020 às 14:08


Créditos: Luiz Michel Zanatta Baixar Imagem

Visando reduzir o impacto financeiro do município, os cargos de confiança optaram por abrir mão de parte dos seus salários para auxiliar neste momento difícil em que o país está passando

Seguindo o exemplo do Prefeito de Calmon, Pedro Spautz Netto, os secretários de todas as pastas o vice-prefeito e o Chefe de Gabinete do município, optaram em reduzir seus salários em 30% nos meses de maio, junho e julho, em reunião realizada na tarde de sexta-feira (22), com o prefeito municipal.

As ações dos secretários, vice-prefeito e Chefe de Gabinete, visam reduzir o impacto financeiro do município, uma vez que houve queda na arrecadação do município de Calmon devido a Pandemia do Coronavírus. Os 9 secretários da administração o Vice-Prefeito Antoninho Pinto da Silva e o Chefe de Gabinete, Alan Kristian Marcelo Serafini, entendem que toda ação de ajuda terá bons resultados para a população calmonense.

Além do corte nos salários dos cargos de confiança, ainda ficarão suspensas todas as gratificações, funções gratificadas e horas extras do quadro geral de funcionários do município pelo prazo de 60 dias.

A arrecadação do município já teve queda, e o número real está sendo levantado pela contabilidade do município e em breve serão divulgados os números com a real diminuição na arrecadação municipal.

O prefeito de Calmon, Pedro Spautz, entende que tal ato mostra a preocupação com o dinheiro público, uma vez que o país passa por um momento difícil com a pandemia e uma futura crise econômica. “Eu já havia tomado a decisão pessoal de abrir mão do meu salário de maio e reduzir pela metade nos meses de junho e julho ou enquanto dure esta pandemia, mas hoje fui surpreendido com esta notícia conjunta dos secretários que optaram em também tirar de cada um, um pouco para ajudar a nossa comunidade”, comentou.

Com estas medidas de reduções salariais, os valores da folha terão uma queda, uma vez que este valor é todo com recurso livre, ou seja, impacta direto com a arrecadação de impostos municipais, podendo assim continuar mantendo, sem prejuízo as atividades contínuas do município de Calmon.